domingo, 28 de junho de 2009

Ensinamentos de OSHO

Ensinamentos de OSHO
Osho é um dos Mestres espirituais mais provocativos do século XX. Desde os anos 70 que Osho chamou a atenção de todos os que se interessavam por meditação e técnicas de auto-conhecimento e os seus ensinamentos continuam a ser difundidos pelo mundo.
Osho, nasceu na Índia em 1931, filho de Pais pobres, foi criado pelos avós. Começou a meditar com apenas 14 anos. Com 24 anos formou-se na Universidade de Saugar e ganha a medalha de ouro na sua turma.
Osho continua a suas actividades envolvendo meditação e filosofia, dando aulas de Sânscrito e mais tarde aulas de filosofia na Universidade de Jabalpor. Não satisfeito com o sistema das universidades decide viajar por toda a Índia, dando palestras e ensinando a sua filosofia gratuitamente.
Mais tarde fixa-se em Puna, criando um centro de estudos e meditação.
Elaborou novas técnicas de meditação, criando uma linha contemporanêa de meditação, tendo em conta as funções diárias do homem moderno. Osho continua as suas pesquisas e estudos, cada vez mais a fundo, isolando-se muitas vezes no seu quarto.
Torna-se conhecido em todo o mundo, e fica conhecido como o mais exemplar centro de crescimento e terapia do mundo.
Chega a sofrer uma tentativa de assassinato e é preso durante 12 dias nos estados Unidos, e afirma mesmo ter sido envenenado durante o tempo que esteve preso nos Estados Unidos e falece em 19 de Janeiro de 1990. Os seus pensamentos e estudos estão expostos em mais de 1000 livros em todo o mundo.
Osho não pretendia impor a sua visão pessoal nem estimular conflitos, para ele através da meditação se poderia atingir a verdade e o amor guiada pela consciência individual, sem intermediários como sacerdotes, políticos, intelectuais, ou ele mesmo.
Foi claramente aquilo que podemos chamar um contestador e um libertador. Transmitia uma mensagem optimista que apontava para um futuro onde a humanidade deixaria o plano do sono, e por consequência, a destruição, o medo e o desamor, já que cada um seria o Buda em si próprio.
"OSHO ... Nunca nasceu ... Nunca morreu...
apenas visitou este Planeta entre 1931 e 1990"

Sem comentários: