sexta-feira, 24 de julho de 2009

A IMPORTANCIA DO REIKI NO TRATAMENTO DO CANCRO (Parte 1)


Nestes últimos tempos, e desde que estou a fazer voluntariado no IPO de Lisboa, tenho estado em contacto directo com muitas crianças que sofrem de cancro e tenho falado no Reiki como um instrumento terapêutico complementar importante, mas que em Portugal ainda não é devidamente reconhecido, nem utilizado.
Em alguns Países como os Estados Unidos, Canadá e até em Espanha, já é normal e habitual ser oferecido nos Hospitais (mesmo hospitais públicos) a terapia Reiki aos doentes e até aos pais (no caso de crianças), com resultados espantosos a vários níveis.
Os estudos conhecidos revelam que em casos de ansiedade, stress, dores, frequência de batimento cardíaco, etc, a administração do Reiki é importante e muito benéfico para os doentes.
- "Wardell D. W. & Engebretson J. (2001) avaliaram 23 indivíduos saudáveis e mediram marcadores biológicos relacionados ao stress, incluindo o estado de ansiedade, os níveis de cortisol, os níveis de imunoglobulina A (IgA) na saliva, a pressão sanguínea, a tensão muscular, a resposta galvânica e a temperatura da pele. Os dados foram colectados antes, durante e imediatamente após a sessão de Reiki. Os resultados evidenciam uma redução significativa do grau de ansiedade, da pressão sanguínea sistólica, e um aumento significativo de IgA na saliva, revelando uma activação do sistema imunológico. Os demais marcadores mostraram igualmente uma modificação em direcção ao relaxamento, embora de forma menos significativa."
- "Olson et al. publicaram 2 estudos relacionados ao uso do Reiki para aliviar a dor.(1997 e 2003) No primeiro eles aplicaram Reiki em 20 indivíduos sofrendo de algum tipo de dor (incluindo pacientes com dor secundária a processos neoplásicos). A dor foi medida pelas escalas Likert e VAS (visual analogue scale) imediatamente antes e depois da aplicação de Reiki. Eles observaram uma redução da dor altamente significativa depois do tratamento."
- "O segundo estudo comparou a dor, a qualidade de vida e o uso de analgésicos em 24 pacientes sofrendo de câncer e recebendo um tratamento opióide associado ao repouso, ou tratamento opióide associado ao Reiki. Os parâmetros levados em consideração foram a dor (medida pela escala VAS), a pressão sanguínea, a frequência de batimentos cardíacos e a frequência respiratória, antes e depois de cada período de repouso ou de aplicação de Reiki. Os indivíduos que receberam a aplicação de Reiki tiveram uma melhora significativa do controle da dor e uma melhora da qualidade de vida, quando comparados com aqueles que ficaram em repouso ".
Pena que em Portugal tudo isto ainda seja quase desconhecido e não exista uma maior cooperação entre a medicina convencional e a chamada medicina alternativa. Doentes com cancro em que é realizada a terapia Reiki, é visível uma considerável melhoria a todos os níveis, principalmente no alivio das dores, na harmonização dos campos energéticos (chacras), no relaxamento emocional, no bem estar geral e na disposição mental dos pacientes, conforto e paz. Na verdade o Reiki não é mais do que Amor Incondicional.
Lamento que os nossos hospitais ainda não consigam aceitar esta realidade, mas tenho esperança e fé que um dia ainda venha a acontecer ... para bem todos e
principalmente daqueles que mais precisam.
"Ama o próximo como a ti mesmo"
Namastê!

Sem comentários: