quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Diario Voluntáriado IPO / Lisboa

Voluntariado IPO / Lisboa.
A sessão de cinema foi divertida, empolgante e os meninos estiveram atentos ao filme assim como se divertiram bastante. Dá de facto animo e muita felicidade ver e ouvir os sorrisos daqueles Seres lindos. Apesar de todo o sofrimento por que passam, observar um sorriso sentido, vindo da Alma ... é gratificante e enche-me de esperança e de Amor.
Obrigado ninos maravilhosos ... força, coragem e muita fé! ...
No final da sessão assisti a uma situação triste, mas que acontece devido ao sofrimento e ao desespero. O Pai de uma criança estava em total desespero no corredor, gritando e extremamente revoltado. Foi uma situação muito dolorosa ouvi-lo dizer e gritar que se queria suicidar, assim como -lo a correr pelo corredor desesperado aos gritos que se ia suicidar, entrando desesperado para uma sala ameaçando-se atirar da janela. Felizmente conseguimos acalma-lo ... mas pergunto: até quando?
Segundo depois soube, o seu filhote está internado em situação terminal e a vida profissional daquele pai também não está nada fácil, pois está desempregado. São situações tristes, desesperantes ... mas este é o processo, e nada acontece por acaso, por isso desejo aquele pai que se reencontre, que mantenha a calma, mesmo que seja muito difícil. Só assim conseguirá ajudar o seu filho Lindo, que luta com todas as forças para melhorar, para conseguir viver com amor. As crianças são fortes, têm Luz, esperança, acreditam muito, sente-se isso nas suas expressões, nas suas Auras, por isso força e muita Luz!
Bem hajam .... amo-vos ninos lindos.
Namastê
Carlos

5 comentários:

Manuela Peitz disse...

Deixo apenas um sorriso que por vezes vale mais que 1.0000 palavras:)

carlluz disse...

Olá Manuela :)
Obrigado pelo comentário e pelo sorriso ... que mtas vezes vale mesmo mais que mil palavras.
Bem Haja ... td de bom:)
Carlos

Rachel disse...

Um dia, se eu conseguir arranjar forças, quero ir contigo.
Adoro crianças e saber que sofrem, deixa-me muito angustiada...queria ter a tua coragem!

carlluz disse...

Olá Rachel .... Não é uma questão de coragem ... é uma qustão de Amor .. e o Amor Rachel ...e Com e por amor ... a coragem é apenas promenor ... por isso ... vem comigo;)
Beijo!!!!

Rachel disse...

Carlos...
Quando imagino o sofrimento dessas crianças, não posso deixar de questionar sobre a existência de Deus e o porquê de se manifestar através delas...
Precisaria coragem, sim...amor tu sabes que teria imenso, mas não iria conseguir passar-lhes esse meu sentimento...sinto que não seria capaz!