domingo, 7 de março de 2010

... sempre quis ...


"Eu sempre quis construir pontes que me levassem até tuas margens, que encurtassem distâncias e rompessem longínquas fronteiras.

As pontes que planei erguer poderiam ter aberto caminhos, desafiado abismos e ultrapassado rios e vales.

Quando vi que eu não tinha ferramentas, cordas ou cimento pensei em desistir.

Mas depois, ao perceber que em teu silêncio estavas sempre a esperar que eu te alcançasse, vi que ainda me restavam as palavras... e com elas se pode fazer quase tudo."

... Para ti !!! ... forever!

Sem comentários: